COMO ESCOLHER O MELHOR ARO

A escolha do par de aros certo vai fazer a diferença para você ter o melhor desempenho na bike.

Os aros são feitos de diferentes tipos de materiais e eles influenciam no desempenho do pedal!

Os principais materiais são o aço, o alumínio e a fibra de carbono.

AÇO

Durante muitas décadas esse foi o material dominante nos aros e ainda é encontrado em bikes de estrada.

Feito com aço de carbono, esse tipo de aro é o mais pesado que os demais e utilizado na maioria das bikes aro 26 de baixo custo.

Esse tipo de aro tem formato quadrado, próprios para freios v-brake onde as sapatas devem pegar nas laterais do aro.

Indicado para uso urbano, também pode encarar trilhas leves de terra batida. É um aro de baixo custo mas também é o mais frágil em relação aos outros modelos. Também possuem potencial

ALUMÍNIO

O aro de alumínio é feito para ter leveza e muita resistência para aquelas trilhas que exigem mais da bike ou para um pedal urbano com mais dificuldades.

Esse tipo de aro pode ter alguns formatos:

Aero: A base é larga e o perfil fino, obtendo excelente ganho de aerodinâmica para ter mais velocidade.  São voltados para os freios v-brake, cantilever e são usados nas road bikes, algumas BMX e bike trial.

Arredondada: São os modelos sem pista de freio, específicos para freios a disco.

É indicado para a maioria das modalidades, como passeios longos, trilhas leves, moderadas e pesadas, cicloviagens, entre outras.
Seu material é muito resistente à corrosão e tem custo baixo, sem perder rendimento.

FIBRA DE CARBONO

Top de linha quando falamos de aros, os modelos em fibra de carbono são mais resistentes que os de alumínio e extremamente leve, por esse motivo possuem custo muito elevado.

O material pode ser manipulado de diferentes formas na fabricação e por esse motivo os aros em fibra de carbono podem ser Aero, Arredondado, Achatado e também Totalmente Fechado (com o cubo já instalado e sem raios).

É indicado para trilhas moderadas e de alto nível, em competições MTB, treinos e provas road bikes.

AROS E PNEUS

Os aros também podem ser desenvolvidos para determinados tipos de pneus. Vamos falar um pouco dos tipos de pneus e seus respectivos aros:

Pneus com Câmara (Clincher)

É o tipo de pneu mais utilizado e mais conhecido por todos os ciclistas. O aro desse pneu tem bordas retas, na sua parte interna, que fixam o pneu quando a câmera está cheia.

Pneus sem Câmara (Tubeless)

Os pneus tubeless são os utilizados com selante e o seu arame, existente na banda para fixação do pneu ao aro, é substituído por um fio grosso de kevlar, o que torna o pneu “dobrável” e mais leve, pois o fio de aramida (kevlar) é mais leve que o de metal.

Os aros tubeless têm bordas internas que travam o pneu no aro quando está cheio de ar e selante.

Importante: O selante deve ser utilizado para vedar e proteger o pneu contra furos.

Também existem os aros tubeless ready, que podem ser utilizado com ou sem câmara.

Tubular

Opção para as bike de road, triatlo e pista (velódromo). São aros específicos para os pneus tubulares, que são fechados e colados nos aros.
É um aro desenvolvido para as provas de velocidade e normalmente é fabricado como roda pronta, aonde o aro já vem com o cubo e raios.

TAMANHOS

ARO 26″

Ainda um dos mais utilizados no mundo, o aro 26 tem muita agilidade e peso reduzido, além de muita eficiência em diferentes tipos de terreno.
É um dos aros mais resistentes por ter diâmetro compacto e o que deixa a bike com maior controle, pois é usado em bicicletas com curta distância entre eixos.

Mas ele também tem algumas desvantagens, como menor área de contato com o piso, o que interfere na tração e estabilidade da bike. Também será necessário fazer mais “força” nas ultrapassagens de obstáculos, pois o ângulo de ataque de uma bike 26” é grande, ou seja, o espaço entre a roda e o obstáculo é maior.

Esse aro é utilizado nas modalidades MTB Cross Country (XC), Enduro|All Mountain, Downhill, Dirt Jump, Urbano e Fatbike.

ARO 27.5″

Esse aro vem conquistando cada vez mais espaço, pois se aproxima das características de uma bike 29”, sem perder algumas das 26”.

Já por ser maior que o 26”, o aro 27.5” tem maior contato com o solo, trazendo mais tração e estabilidade, ideais para curvas e alta velocidade em terra. Mantém a velocidade com mais facilidade do que uma 26”, mas não deixa de ser uma bike bem ágil para trilhas.

Esse aro já é bastante utilizado para MTB Cross Country (XC)/Trail, Enduro|All Mountain, Downhill, e alguns modelos Urbanos.

ARO 29″

Uma bike 29” é ‘lenta’ nas arrancadas, mas assim que que pega o embalo, tem desempenho excelente, mantenho alta velocidade constante sem pedaladas de força e com ótima tração em subidas difíceis.
Por conta do grande diâmetro, tem maior área de contato com o piso, gerando maior estabilidade, aderência e ângulo de ataque pequeno frente aos obstáculos.  As 29” passam ‘fácil’ em obstáculos que trariam sofrimento para uma 26”.

O ponto fraco das 29” são as trilhas extremamente técnicas e que necessitam de muita agilidade nas curvas fechadas. Como a distância entre eixos é maior, pode ser difícil de manobrar a bike nessas condições.
Outro ponto a ser verificado é que, assim como o aro é maior, o restante da bicicleta também será maior.
Então o ideal é olhas as medidas das bikes e ver qual dos aros se encaixa melhora para você, pois apenas por ser maior, não justifica uma pessoa que usa tamanho L (19”) numa aro 26, compre uma aro 29 tamanho M(17”).

ARO 700c

As famosas bikes de estradas, utilizam o aro 700c, que é igual ao aro 29”, porém com a largura interna mais estreita pois os pneus são muito mais finos.

Sempre rodando na mesma de sempre, as bikes de estrada usam há décadas o aro

A característica desse aro é o pouco peso, pois são desenvolvidos para ganhar velocidade. Aros de bike de perfil para estrada são servem para treinos no asfalto pela agilidade e leveza, com exceção das Ciclocross, que são feitas para encarar lama e pedras com pneus mais largos e com cravos.

Esse aro é bastante utilizado nas Road Bikes, Triatlo, Ciclocross, Urbanas e Híbridas.

Existem outros aros de bike como os 20” e 24”, porém são mais restritos à modalidades específicas como o Bike Trial e o BMX.

Não há um aro melhor do que o outro, e sim, o aro mais adequado para cada situação. O melhor aro vai depender do tipo de pedalada e uso que você busca.

E você?
Qual é o seu aro preferido?
Já usou outro aro diferente do atual?
Conta pra gente o que achou!

Precisando equipar a sua bike?
Conte com a Azupa!
Tudo o que você precisa para a sua bike está aqui!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s